Quarta, 23 Junho 2021

Facebook

Tempo real: Bancos propõem reajuste zero e perda salarial

Publicado em Notícias Sexta, 21 Agosto 2020 13:50

 

Durante a reunião da Campanha Nacional dos Bancários desta sexta (21), a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs que não haja nenhum reajuste salarial. A medida, caso implementada, representaria uma perda de 2,65% nos salários. 

 

A cruzada dos banqueiros pela retirada dos direitos parece não ter limites. Nos últimos dias, a Fenaban propôs reduzir em até 48% a PLR; retirar a 13ª cesta alimentação; mexer nos direitos dos bancários que sofreram acidente de trabalho.

 

O Comando Nacional da categoria rejeitou as propostas. Medidas drásticas podem ser tomadas. "Absurdo!! Banqueiros estão levando categoria a greve", publicou Ivone Silva, uma das coordenadoras do Comando Nacional, no Twitter. 

 

 

"O sistema financeiro não tem justificativas para atacar os direitos dos bancários. Nenhum outro setor acumulou tanto lucro nos últimos 40 anos e, mesmo com a crise sanitária e econômica, que afetam os setores produtivos e principalmente os trabalhadores, os bancos ganharam muito dinheiro e só não tiveram resultados melhores porque transferiram grande parte dos ganhos para as provisões, temendo uma inadimplência em função das consequências da pandemia sobre a economia do país. Não aceitamos a retirada de direitos”, disse a presidenta do Sindicato dos Bancários do Rio Adriana Nalesso, que faz parte do Comando Nacional e participa das negociações, realizadas por videoconferência.

 

Todas as informações da Campanha Salarial dos Bancários 2020 você poderá acompanhar nas redes oficiais do Sindicato dos Bancários de Niterói e Região:

 

• Facebook: fb.com/bancariosnit
• Instagram: @bancariosnit
• Twitter: @bancariosnit