Quarta, 23 Junho 2021

Facebook

Absurdo! Fenaban propõe cortar mais direitos dos bancários

Publicado em Notícias Quinta, 20 Agosto 2020 18:42

 

O escárnio segue; durante a negociação desta quinta-feira (20), a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs novos cortes de direitos. Dessa vez, a proposta foi de retirar a 13ª cesta de alimentação e diminuir a gratificação de função de 55% para 50%.

 

Na última reunião, que aconteceu na terça-feira (18), os representantes dos banqueiros já tinham proposto diminuir a Participação de Lucros e Resultados (PLR) em até 48%. "ão aceitamos retirada de direitos!  Não há nenhuma justificativa para que queiram extinguir conquistas históricas da categoria bancária", pontuou Ivone Silva, uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

 

Vale lembrar que, mesmo durante a pandemia, os bancos registraram altos lucros. "Rejeitamos a proposta na mesa e deixamos claro que não vamos admitir que mexam na nossa PLR, 13ª cesta ou gratificação de função”, afirma Ivone.

 

Nesta sexta (21), às 11h, está marcada uma nova campanha de negociação. Mais um twitaço está previsto para acontecer, começando às 10h. "É fundamental que a categoria participe das mobilizações nas redes sociais. Estamos realizando uma Campanha Nacional atípica este ano, por conta da pandemia, mas isso não deve nos enfraquecer. Vamos mandar recados claros aos bancos e mostrar à sociedade que o setor que lucra bilhões e que tenta passar a imagem de empresas solidárias e responsáveis em suas propagandas, na verdade está tentando retirar direitos de seus empregados", convocou Ivone, que também é presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo e Regiões.

 

Assembleias - O Comando Nacional dos Bancários decidiu, diante das propostas da Fenaban, assembleias nas bases sindicais. Ela está prevista para a próxima terça-feira (25), de forma virtual.

 

Censo da Diversidade - Antes da negociação desta sexta, a Fenaban apresentou dados do Censo da Diversidade Bancária 2019. Os números mostram que não houve grandes avanços: as mulheres seguem sendo as mais qualificadas, mas continuam ganhando menos e ocupando menos cargos de direção do que os homens. Negros (pretos e pardos) e PCDs (pessoas com deficiência) continuam sendo minoria.

 

A Fenaban ficou de enviar os dados completos para o Comando Nacional dos Bancários e os representantes dos trabalhadores irão estudá-los e divulgá-los com mais detalhes em seguida.