Segunda, 21 Junho 2021

Facebook

Reintegração de bancário é decidida pela Justiça com auxílio do Sindicato

Publicado em Bradesco Quarta, 12 Maio 2021 12:02

 

Através de ação movida pelo departamento jurídico do Sindicato, assessorado pelo escritório SS&R Advogados Associados, a dispensa de um ex-empregado, sem justa causa, praticada pelo Bradesco, foi anulada em sentença proferida pela 1ª Vara do Trabalho de São Gonçalo.

 

O banco foi intimado a reintegrar o funcionário Aroldo, porque desrespeitou o compromisso assumido, em conjunto com outros grandes bancos, de não demitir e suspender as demissões em andamento durante a crise provocada pela pandemia da Covid-19.

 

O Bradesco ainda aderiu ao movimento #nãodemita e publicou a decisão em documentos de circulação interna e em jornais de circulação nacional.

 

De acordo com o Juiz do Trabalho Fernando Resende Guimarães, quando a instituição financeira vem a público informar que vai se abster de dispensar seus funcionários durante o período pandêmico, dois são os seus objetivos:

 

“Primeiramente, ser visto com bons olhos/simpatia perante a sociedade, passando a ser reconhecido como um banco com responsabilidade social e, assim, atraindo mais clientes e investidores. O segundo objetivo seria tranquilizar os seus funcionários, que passam a confiar ter garantidos os seus empregos.”

 

Mais uma vitória do emprego, do Sindicato e dos trabalhadores.