Sexta, 22 Novembro 2019

Facebook

Uma história de lutas: Sindicato dos Bancários de Niterói - 73 anos

Publicado em Notícias Quinta, 05 Setembro 2019 10:38

Neste 05 de setembro, o Sindicato dos Bancários de Niterói e região completa 73 anos de sua fundação. São sete décadas de dedicação à categoria com uma história de lutas marcadas por grandes greves e colocação no cenário nacional como uma das entidades mais combativas em defesa dos direitos dos trabalhadores.

 

Nesses anos o que não faltaram foram desafios. Sejam eles para conquistas todos os benefícios que hoje compõem a Convenção Coletiva de Trabalho como auxílio maternidade e paternidade, tíquetes refeição e alimentação, PLR e o pioneirismo em ser a primeira categoria a assinar acordo único válido para todo o país, em 1992,entre outros.

 

Desde 1946, o Sindicato dos Bancários de Niterói e região figura como instrumento de organização social na luta por melhorias nas condições de trabalho e também pelo crescimento e desenvolvimento do país.

 

Conhecido como o Sindicato que paralisa 100% de sua base territorial que compreende 16 municípios (Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Silva Jardim, Rio Bonito, Casimiro de Abreu, Tanguá, Maricá, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, Arraial do Cabo, São Pedro d'Aldeia, Cabo Frio, Armação de Búzios e Rio das Ostras), com cerca de 250 agências bancárias e quatro mil bancários, os trabalhadores de fazem parte da história de conquistas da categoria.

 

A década de 1980 reservou para a história da categoria aquela que até hoje é considerada como a maior greve de bancários do Brasil. Iniciada em 10 de setembro de 1985, a paralisação mobilizou cerca de 500 mil trabalhadores. O Sindicato dos Bancários de Niterói estava presente. Mobilizações e assembleias históricas que tomavam conta do Avenida Amaral Peixoto, principal corredor financeiro de Niterói.

 

Mas Niterói também é destaque por outros motivos. Em 2007, a direção do Sindicato devolveu pela primeira a Contribuição Sindical aos bancários sindicalizados. Um marco entre as entidades sindicais. Neste mesmo ano, a categoria ainda ganhava a nova sede social da entidade, que está localizada na Rua Evaristo da Veiga, nº 37, um prédio histórico de Niterói, onde hoje é palco de importantes assembleias e decisões dos bancários.

 

Para os bancários mais novos, é importante saber que o Sindicato de Niterói sempre esteve na vanguarda das lutas em defesa da categoria. E, principalmente, se hoje esses mesmo novos bancários que ingressam no sistema financeiro gozam de direitos que tornam a profissão interessante, é bom lembrar que outros colegas, de outras gerações com a atuação do Sindicato são os responsáveis por essas conquistas.

 

Por isso, no atual cenário política e econômico do país onde a retirada de direitos da classe trabalhadora e fim da aposentadoria está caminhando a passos largos, a unidade da categoria se torna ainda mais importante. São os bancários que fortalecem o Sindicato através de participação e sindicalização.

 

Feliz 73 anos ao Sindicato dos Bancários e à toda categoria.


A luta vale a pena!