Segunda, 01 Março 2021

Facebook

Mais três bancários reintegrados e de volta ao trabalho no Bradesco

Publicado em Bradesco Quarta, 10 Fevereiro 2021 11:21

 

 

 

Três vitórias importantes no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Todas elas garantem que bancários demitidos sem justa causa e em plena pandemia pelo banco Bradesco serão reintegrados ao trabalho com todos os direitos garantidos.

 

Tratam-se de Nédio Antônio Ayres de Souza, que teve a sentença da 7º Vara do Trabalho de Niterói, reformada por liminar que garantiu o reingresso ao quadro de funcionários.

 

Outro bancário reintegrado é Vilmar Wallace Freire, bancários desde 1992, que teve seu emprego garantido após decisão de desembargado do TRT.

 

E Angélica Torres de Menezes Fonseca, bancária há 33 anos, que mesmo tendo diagnosticado LER/Dort foi demitida em plena pandemia. Na decisão, o desembargador do TRT determinou a sua reintegração ao quadro de empregados com todos os direitos e vantagens que fazia jus antes da dispensa.

 

Na ação proposta com o auxílio do Sindicato dos Bancários de Niterói e região, através do jurídico assessorado pelo escritório Stamato, Saboya & Rocha Advogados Associados, ficou provado que a bancária é reabilitada pelo INSS e a lei veda expressamente a dispensa de durante o estado do calamidade pública.

 

Em todas as decisões, os julgadores levaram em conta, ainda, o acordo firmado entre o Bradesco e o movimento sindical de não promover dispensas enquanto perdurasse a pandemia do novo coronavírus.

 

O Sindicato dos Bancários de Niterói e região é recordista em reintegrações. A entidade presta todo auxílio jurídico aos bancários(as). Em caso de demissões, o bancário deve acionar a direção imediatamente.