Quarta, 23 Junho 2021

Facebook

Campanha pela valorização dos empregados da Caixa é lançada pela Fenae e Sindicatos

Publicado em Caixa Terça, 29 Dezembro 2020 12:49

A campanha de valorização dos empregados da Caixa Econômica Federal está sendo lançada nesta segunda-feira (28/12), nas redes sociais e terá como ápice um ato nacional, no dia 12 de janeiro, aniversário do banco. A iniciativa é da Federação Nacional dos Empregados (Fenae), da Contraf-CUT e dos sindicatos filiados.


Através das hashtags #MetaDesumanaÉCrime, #MetaDesumanaÉExploração e #MenosMetasMaisContratação, a primeira parte da campanha vai denunciar o caráter desumano da exigência de metas em plena pandemia, período em que a preocupação do governo Bolsonaro e da direção da CEF deveria ser em garantir a saúde e a vida dos empregados, através de medidas efetivas de prevenção.

 

O atendimento à população só foi possível devido ao esforço heroico dos empregados, que se desdobraram em jornadas exaustivas mesmo tendo que enfrentar o desinteresse do governo, o risco de contaminação pela covid-19 e o quadro reduzido de pessoal. Neste período, a única iniciativa do governo foi impor a privatização fatiada do banco e metas abusivas.


As metas têm levado os empregados ao adoecimento. Segundo a Fenae, nos meses de auge da pandemia e de aglomerações nas agências, os empregados tiveram que lidar com mais pressão. O aumento de metas chegava a 200% em alguns itens de diversas agências, sem qualquer justificativa que não fosse o abuso da direção da empresa.