Terça, 20 Agosto 2019

Facebook

Sindicato protesta contra demissões e fechamentos de agências do Itaú na região

Publicado em Itaú Quinta, 09 Maio 2019 14:26

A diretoria do Sindicato dos Bancários de Niterói e região foi a agências do Itaú denunciar o fechamento de unidades e demissão de bancários realizadas pelo banco na região na manhã desta quinta-feira (09/05) em Niterói. O protesto serviu também para alertar bancários e a população sobre os malefícios da reforma da previdência.

 

Apenas na base territorial atendida pelo Sindicato, que compreende 16 municípios, cinco agências estão programadas para serem fechadas. Ao todo, 40 bancários já foram demitidos. No Estado do Rio, mais de 100 demissões já foram confirmadas.

 

A Cia de Emergência Teatral apresentou uma peça que contou a história da exploração do banco que fecha unidades e que empurra os clientes para o atendimento digital e continua exigindo do bancário metas abusivas impossíveis de serem batidas.

 

“Essa atividade é para mostrar aos bancários e aos clientes e usuários como o Itaú vem fazendo com a categoria que a cada dia é mais explorada. Não podemos admitir que os bancos implementem abertura aos finais de semana. Defendemos dois turnos de trabalhos, com duas equipes para melhor atender a população. Os bancos lucram muito”, afirmou Jorge Antônio Porkinho, presidente do Sindicato.

 

As agências escolhidas para as primeiras atividades foram: Ag. 6173 Visconde do Uruguai; Ag. 0059 Amaral Peixoto; e Ag. 6030 Barcas, todas no Centro de Niterói. O Sindicato programa novas atividades em outras regiões.

 

Apenas no primeiro trimestre de 2019, o Itaú registrou lucro líquido contábil de R$ 6,710 bilhões. Um crescimento de 6,8% na comparação com o mesmo período do ano anterior.